Já pensou em ter temperos fresquinhos, que enchem a sua casa de aromas e são capazes de potencializar os sabores de suas refeições? Eles podem ser usados em legumes, carnes, sopas, chás, doces, no preparo de águas saborizadas ou aromatizadas, em pães e onde mais a sua imaginação permitir! Também são uma excelente opção para quem quer reduzir a quantidade de sal na comida sem perder aquele toque a mais, que “levanta” o sabor.

Além disso, eles fazem parte da cultura brasileira, representando o folclore, a história e a gastronomia. Muitos são considerados sagrados e responsáveis por afastar os males e trazer a alegria para o lar! Motivos não faltam para ter por perto essas plantas cheias de significado 🙂 E para lhe ajudar, preparamos dicas de como cultivar 9 temperos para uma horta cheia de boas energias:

-Orégano, sálvia e tomilho

O orégano fresco é excelente para o preparo de molhos, azeites temperados, pizzas e pode ser usado em chás contra cólicas

De origem mediterrânea, esses temperos gostam de um solo mais leve e poroso, que permite uma drenagem rápida. São super resistentes ao vento, amam o sol e que se adaptam bem lado a lado, podendo ser plantadas no mesmo vaso ou jardineira. Muito aromáticos, são plantas de crescimento perene (com um ciclo de vida mais longo), o que garante vários anos de colheita, aroma e sabor!

Para cultivar escolha um vaso de no mínimo 15cm de profundidade e na hora de preparar o solo proporcione um ambiente com menos umidade. Para isso, o ideal é preencher metade do vaso ou floreira com areia e outra metade com terra. Se você já plantou algum deles e sente que o solo está muito úmido, comprometendo a saúde de sua planta, retire um pouco da terra e adicione areia!


O tomilho vai bem em sopas, peixes, carnes, molhos e até mesmo no preparo de licores ou como aromatizador de vinagres

O sol é fundamental, e eles estão acostumados com um uma quantidade um pouquinho menor de regas do que plantas como o manjericão. Por isso, cuidado com as regas excessivas, que podem comprometer a saúde do orégano, da sálvia e do tomilho! A quantidade de água depende do clima de sua região, por isso, é importante sempre ir testando o que vai funcionar melhor para os seus temperos.


Considerada sagrada, a sálvia dá um toque a mais em sopas vegetais, carnes brancas e feijoadas

-Alecrim
O Alecrim é mais um tempero de origem Mediterrânea, que adora vento, solo arenoso e muito sol!  Quase uma mini árvore, ele pode crescer muito, chegando a mais de 1 metro e meio de altura. Por isso, na hora de cultivar essa variedade, opte por um vaso de no mínimo 30cm de profundidade e por deixá-lo solitário. Se quiser um super alecrim, você pode escolher um vaso maior ou plantar direto em seu pátio 🙂


O alecrim faz sucesso no preparo de vegetais, carnes, em águas aromatizadas e chás

Não exagere nas regas.  Assim como o orégano, a sálvia e o tomilho, o alecrim não gosta de muita água, e o excesso de rega é um dos principais motivos dele não vingar em algumas hortas caseiras. Outro cuidado fundamental é para que ele não fique por tempo prolongado em locais de muita sobra.

De caule lenhoso e robusto, ele também é planta de crescimento perene, durando longos anos! Confira aqui algumas receitas com o alecrim para encher suas refeições de sabor .

-Salsa, Coentro, Cebolinha e Manjericão

A salsa traz frescor às refeições e pode ser lisa, graúda ou crespa

Muito saborosos, estes temperos são capazes de trazer uma sensação de frescor aos pratos. E para tê-los sempre disponíveis, basta cultivar em sua horta! Você pode semear em vasos, canteiros ou floreiras e são fundamentais no mínimo três horas de sol diárias. Se optar por vasos, escolha um de no mínimo 30cm de profundidade, garantindo o crescimento saudável das raízes e quantidades para toda a família 🙂


O coentro é um dos temperos mais usados na gastronomia, principalmente na culinária nordestina e do norte brasileiro

Para a salsa, cebolinha e coentro faça um buraco de 0,5cm na terra e insira até oito sementinhas, assim você pode colher em maços! Já no caso do manjericão, coloque três sementes por buraco. Se você quiser um cantinho só de manjericões, a nossa dica é deixar o espaçamento de 30cm entre cada um deles. Aqui você conhece algumas variedades de manjericão, que vão do aroma de limão até o leve sabor do cravo! E se quiser saber como combinar os diferentes tipos de salsa em suas refeições, veja essas dicas.


A cebolinha pode condimentar legumes, marinadas, saladas e sopas. Também é excelente para aromatizar queijos

Todos esses temperos sofrem um pouco com o vento e precisam de um solo com mais umidade para crescerem bonitos e saudáveis. O ideal é preparar o solo com mais composto orgânico e húmus de minhoca, que ajudam a manter a água das regas por mais tempo. A nossa dica é usar 1/4 de vermiculita para 3/4 de terra. Quanto às regas, o segredo é deixar a terra sempre úmida, mas nunca encharcada! Para adubar, aplique Fertigarden ao menos uma vez por mês.


O manjericão faz sucesso em saladas e diversos tipos de molhos. Existem muitas variedades dele, cada uma com sabor e aroma particular

Outro ponto em comum é que esses temperos são plantas anuais, ou seja, que tem o ciclo de vida curtinho (cerca de um ano). Por isso, não tenha dó de colher. Aproveite para usá-los de formas criativas, explorando novas possibilidades nas suas refeições!

-Hortelã
Cultivar hortelã é muito simples, e logo logo as suas raízes encontram um canto da terra e fazem brotinho! Ela cresce rápido e sem parar, e quanto mais você podar com mais força ela virá. É muito importante uma terra úmida e bem adubada. Para isto você pode utilizar composto orgânico, húmus de minhoca ou aplicar Fertigarden Multiuso a cada 10 dias!

Ela é capaz de crescer tanto à meia sombra quanto no sol pleno! Na hora de regar lembre de deixar a terra sempre úmida, mas nunca encharcada. Como ela precisa de muito espaço para crescer, evite cultivá-la em canteiros coletivos, pois ela produz raízes que podem absorver os nutrientes de outras plantas. O ideal é cultivá-la solitária, em um vaso de no mínimo 30cm de profundidade!

Aqui você confere ainda mais dicas de como cultivar temperos e ervas:

E agora, já sabe que temperos vai adicionar à sua horta? Aqui você conhece todas as nossas variedades de ervas e temperos e pode adquirir as suas sementes preferidas! Se você está colhendo, não deixe de saber como colher cada tempero do jeito certo! E se já está pensando em como usar os temperos em suas refeições, temos algumas dicas neste link que podem lhe inspirar 🙂