Você sabia que pode cultivar pepinos em casa? Eles nascem de uma planta trepadeira, como o feijão, e necessitam apenas de um apoio para se enrolar, como uma grade ou tela. Em poucas semanas, aparecem as primeiras flores, que são comestíveis e têm sabor adocicado! Se você esperar mais um pouco, em cerca de 50 dias já é possível colher os frutos!

Saber diferenciar as cultivares também é importante, assim você pode escolher corretamente qual variedade combina melhor com cada modo de preparo e fica sabendo um pouco mais sobre as diferenças de sabor, aparência e textura.

ISLA-021-ABC PEPINOS

O Pepino Caipira é muito conhecido na culinária brasileira. Nas gôndolas e feiras, geralmente o encontramos adulto, sendo ideal para cozidos. Porém, se você for plantar em casa, saiba que pode colher os frutos jovens para fazer conservas.

Falando em conservas, o Pepino Wisconsin é o mais utilizado para esse fim, com frutos em tamanho menor, ele apresenta bastante crocância e sabor.

Por fim, o Pepino Durango, um dos lançamentos da ISLA em 2016, se diferencia pelo sabor mais adocicado, menos amargo e com muito mais digestibilidade em relação a outras variedades. Ele é ideal para saladas e fica ainda mais gostoso quando cortado verticalmente.

Para quem vai plantar agora, uma boa notícia: agosto é época de plantio em todo o Brasil.

Veja aqui algumas dicas para ter pepinos frescos direto da sua horta!