Que tal aproveitar o final de semana para tornar o sonho da horta realidade? Não é necessário muito espaço, e plantar em casa pode proporcionar diversos benefícios. O contato com o cultivo nos faz entender de onde vem aquilo que comemos, e, consequentemente, nos faz buscar uma alimentação mais completa a saudável. Além de que, ver uma semente germinar e se transformar é um processo muito gratificante. Se você ainda não sabe como começar, preparamos algumas dicas para que o local de plantio esteja pronto para receber as suas sementes.

O que você precisa:
-Viveirinho, vaso, floreira ou um espaço em seu canteiro
– Argila expandida ou pedrinhas
– Areia
– Substrato para jardinagem

Onde plantar?
Você pode começar plantando as suas sementes em viveirinhos, e transplantá-las para um vaso ou canteiro quando ela atingirem 10cm de altura. Também é possível começar o plantio em um vaso, floreira, ou em algum espaço de seu canteiro.

Como escolher o tamanho dos vasos?
Cada cultivar tem suas características próprias, tendo necessidades específicas e precisando de um espaço que comporte o seu crescimento. Não se esqueça de prestar atenção na profundidade ideal de acordo com a planta escolhida. Isso vale tanto para vasos quanto para floreiras.

-Vasos com pelo menos 10cm de altura: são ideais para plantar salsinha, coentro, cebolinhas e baby leafs (aquelas folhas de hortaliças bem pequeninhas, que foram colhidas antes do tempo).

-Vasos de 20cm de altura: são ótimos para o plantio de rúcula, alface e plantas de colheita jovem.

-Vasos de 30cm de altura ou mais: se você quer diversidade na sua horta, são os mais adequados. Neles é possível plantar hortaliças como cenoura, abóbora, beterraba, cebola, tomates, pimentinha e muitas outras.

Preparando o local para plantio
Para criar um meio que possibilita nutrientes, evita o acúmulo de água e garante que as suas plantas tenham espaço para sustentar suas raízes, é bom começar com camadas!

-O primeiro passo é cobrir todo o fundo do vaso com argila expandida (também podem ser algumas pedrinhas), que funciona como um sistema de drenagem. Ela é muito importante, pois garante ao solo a capacidade de reter umidade sem ficar encharcado.

-O segundo passo é acrescentar a areia, que traz a porosidade necessária para a drenagem da água, e também é um bom meio para que as plantas desenvolvam as suas raízes.

-E por fim, coloque o substrato para jardinagem, que vai acolher as suas sementes e permitir que elas cresçam. Dê preferência aos substratos mais fofinhos, pois um solo compacto pode atrapalhar o desenvolvimento de suas sementes.

Agora você já está pronto para começar a semear! Conheça a nossa variedade de sementes no site www.isla.bom.br e escolha as suas preferidas para iniciar a sua horta! Compartilhe as experiências e fotos do processo com a gente, usando a hashtag #minhahorta