Já aconteceu alguma vez com você de estar cozinhando e ficar em dúvida sobre quais ervas usar para dar um toque específico ao seu prato?

É claro que já conhecemos algumas combinações que nunca falham, como tomate com manjericão, batata com alecrim, louro no feijão, entre outras. Mas existem algumas dicas que podem te ajudar a criar suas próprias combinações e ter receitas com ainda mais sabor. São as dicas sobre as propriedades organolépticas dos alimentos. Ou seja, as sensações que eles causam ao paladar, olfato, tato e todos os nossos sentidos.

Para descobrir um pouco mais sobre isso, conversamos com o Chef Marcelo Shambeck, à frente dos restaurantes Del Barbiere, em Porto Alegre-RS e o restaurante do hotel Yoo2, no Rio de Janeiro.

Para quem gosta de refeições que deixam aquela sensação de frescor, a dica do chef é apostar em ervas que trazem esse tipo de característica à receita, principalmente a salsa, que pode ser usada para finalizar o prato ou até como ingrediente principal.  Este tipo de tempero não aguenta muito a cocção, por isso, devem ser preferencialmente usados crus.

salsa

Já pensou em uma salada de salsa com vinagrete? Se colocada em cima de uma carne vermelha, por exemplo, ela vai deixar o prato muito mais leve, dando aquela sensação de frescor na boca depois que você terminou de comer.

Outras ervas ótimas para trazer essa sensação de fresco são:

Manjericão, principalmente o verde, já que os vermelhos tem sabor um pouco mais fechado.

shutterstock_321911378

Aneto/Endroshutterstock_433347922

Coentroshutterstock_462218941

Funchoshutterstock_155276099

Hortelãhortela

Outro grupo de temperos que você pode utilizar é a que o chef Marcelo Schambeck chama de temperos potentes, ou seja, são aqueles que trazem um sabor mais “fechado”, “quente”, que permanece na boca por mais tempo. São temperos que aguentam melhor a cocção, seja em refogados, assados ou grelhados, principalmente se usados em marinadas. Quando bem dosados, eles tem o poder de “arredondar” um sabor, mas quando utilizados em excesso, podem predominar no prato.

Um exemplo deste tipo de tempero é o alecrim. Ele fica melhor cozido do que fresco e aprofunda sabores. Tome cuidado para não cozinhar demais, pois ele solta um óleo que pode deixar a comida amarga.

 shutterstock_390910957

Outros temperos potentes são:

Tomilhoshutterstock_378747994

Manjeronashutterstock_266364122

Oréganoshutterstock_387507301

Uma boa dica é usar estes temperos sempre frescos ao invés de secos. Para isso, nada melhor do que ter uma hortinha em casa para manter os estoques sempre cheios, não é?

Compre online as sementes e comece a plantar agora!

Veja aqui as dicas de plantio para ter uma horta em vasos sempre cheia e saudável.

Até a próxima!