Você já ouviu falar nos microverdes? São aquelas folhinhas bem pequeninhas, super atrativas e coloridas que têm aparecido cada vez mais em feiras, mercados e restaurantes. Essas folhinhas se caracterizam por serem um estágio muito específico das plantas, depois da fase de broto, mas antes da fase de baby leaf! Os microverdes são geralmente colhidos entre 7 e 21 dias após o plantio e se destacam por serem delicados no sabor e gigantes em nutrientes.

Pesquisas recentes mostraram que o valor nutricional dos vegetais na fase jovem é significativamente maior se comparado com os vegetais na fase adulta. Isso ocorre por eles conterem concentrações maiores de bioativos, como vitaminas, minerais e antioxidantes. O consumo diário desses elementos é crucial para a promoção e manutenção da nossa saúde.

Estudos realizados com microverdes de aipo, repolho roxo, manjericão e rúcula, por exemplo, apontaram concentrações de nutrientes até 40 vezes maiores que os mesmos vegetais na sua fase adulta. Já os microverdes de coentro são três vezes mais ricos em betacarotenos do que o tempero na sua fase adulta.

Incluir produtos na fase jovem na sua alimentação diária não é difícil e pode trazer inúmeros benefícios, além de estimular o consumo de hortaliças por parte da população, inclusive das crianças, que tem simpatia por produtos de tamanho reduzido e cores diversificadas.

Crianças ficam entusiasmadas ao descobrirem e provarem os microverdes | Fonte: Mighty Greens Brasil

Além de estarem cada vez mais presentes em feiras e em mercados, é possível cultivar as suas próprias microverdes em casa, sabia? Para isso, basta ter um vaso, floreira ou viveirinho, completar com substrato para jardinagem e semear numerosas sementes, cobrindo-as com uma fina camada de substrato. Depois, é só regar com um borrifador de modo que o solo fique sempre úmido. Após 7 dias, já será possível colher e se deliciar com microverdes de diversas variedades que você escolher!

Ravi, o agrião da ISLA ideal para produção de microverdes

Já imaginou que incrível? Veja aqui as variedades que você pode cultivar como microverde! Alguns exemplos são sementes de acelga, agrião, aneto, alho-poró, beterraba, brócolis, cebola, cenoura, chicória, couve, couve-rabano, coentro, ervilha, girassol, manjericão, mostarda, rabanete e repolho.

E não esqueça de compartilhar a sua experiência usando a hashtag #minhahorta e #microverdes no seu instagram!